sexta-feira, 9 de março de 2012

KONY 2012



Sim, eu sei que são 30 Minutos, mas vejam quando puderem, quando tiverem sentados no sofá sem nada para fazer. Vale a pena, temos de lutar por um Mundo Melhor.


Let's make Joseph KONY famous!

3 comentários:

Blair Randall disse...

eu já até fiz uma t-shirt :)

xoxo***

Ana Margarida disse...

Completamente. Já tinha visto e está perfeito!

Sara disse...

Olá,

Não sei se já ouviste falar, mas esta organização tem muito que se lhe diga...começando pelas relações que mantém com os militares do Uganda (que acabam por fazer atrocidades semelhantes às relatadas no filme às crianças). Se fizeres uma pesquisa vais ver que o uso dos fundos não é assim tão linear quanto eles dizem.
Além disso o Kony já não está no Uganda há vários anos...por isso, o objectivo principal do filme está "deslocado".
A Al-Jazeera mostrou o documentário a cidadãos do Uganda e a reacção das pessoas às imagens foi de repulsa...não pelo que o Kony faz mas pela imagem (falsa)que passa. As pessoas sentiram-se usadas e não sentiram que o documentário fosse abonar alguma coisa a seu favor.
Além disso...quando é que os EUA tomam acções num país sem que haja dinheiro/segurança nacional em causa? Pois...o Uganda tem muitas reservas de petróleo inexploradas.

É um "filme" bonito, que apela ao sentimento...eu também me senti impulsionada a fazer alguma coisa, mas depois fui pesquisar mais acerca deste tema e encontrei bastantes factos que só me levam a pensar que a campanha do senhor é ter uma vida boa e dar uma vida boa ao filho também.


Desculpa o testamento, mas acho que se devem ver vários lados de histórias como esta...porque no fundo estas são acções que não passam de burlas.