terça-feira, 27 de setembro de 2011

Vamos falar de prendas de anos #6


Como este ano tem sido um ano com pedidos invulgares, a verdade é que sempre desejei ter uma mota. Não preciso de um motão, nada disso. Pode ser uma assim, branquinha... linda que só ela. Convém é eu chegar com os pés ao chão sim? Com o dinheiro que eu gasto em gasolina, era a prenda perfeita.


Vá Paizinho, chega-te à frente.

4 comentários:

Ana disse...

Olha que numa dessas até eu andava :P

Beijinho, queridaaaaa :)

Palavra Já Perdida disse...

Pronto, é um bom investimento :D

Ana Margarida disse...

Ai, antes não achava piadinha nenhuma às motas, mas o meu irmão, este ano comprou uma e não quero outra coisa se não andar naquilo! E para não falar que nunca apanhas transito :b

kishikiari disse...

ahaha q fofa ^^