quarta-feira, 13 de julho de 2011

A Herdade do Sobroso e como nós seriamos felizes ♥











Eu sei que hoje ainda é quarta-feira, mas estou de rastos... de rastos. Cansada, Cansada como tudo. Nada corre bem, as coisas para fazer são mais que muitas e o dia começa a ser pequeno para tanta coisa. E as pessoas não facilitam em nada, n-a-d-a. 
E eu... fico assim, cansada. 
Mas o pior de tudo? Nós ressentimos-nos disto tudo, sim... eu e tu.

Hoje só me apetecia pegar em ti e fugir para um sitio DESTES por uns dias e descansar, e namorar e namorar e namorar e descansar e não pensar em mais ninguém.
Estou tão cansada que as lágrimas teimam em cair-me pela cara e não há forma de eu as controlar. Às vezes acho que tenho o dom de complicar as coisas... Era tudo tão simples.
Queria tanto... Poder tomar o pequeno almoço, aproveitar o sol, andar de balão, fazer um pic-nic no meio daquele verde todo como sempre imaginámos e até ir ver uma adega (apesar de nem gostarmos de vinhos). Parar por um minuto de pensar no casamento e em todos à minha volta. 

E sim, ando em baixo. Nos últimos dias as coisas não têm sido fáceis e até parece que já não é tão fácil "pegar nele" e ir namorar por causa das responsabilidades.

4 comentários:

Se eu pudesse... disse...

Eu também ia já com o meu mais que tudo :)

kishikiari disse...

parece-me super bem

Mar disse...

Força. O segredo para vencer os obstáculos é ir buscar a força às mais pequenas coisas, nem que seja ao sorriso daquela crinaça que acabou de passar, a simpatia da sra do metro que se segurou em mim para não cair, o sonhar alto com esses momentos de lazer e pensar que VÃO SER MESMO POSSÍVEIS.

Bem sei que a força se esgota, mas às vezes numa questão de 30 minutos recarregamos baterias e aguentamo-nos mais uns dias. Por isso pensa no que te recarregaria a energia agora (que seja possível de se fazer), e vais ver que compensará colocá-lo em prática!

Sea disse...

Eu ia já por mts mts anos xD